Eu sou tão apaixonada por você, sua risada, o jeito como seus olhinhos ficam pequenininhos quando ri, o som que você faz ao gargalhar. Sou apaixonada por suas mãos, como me acariciam quando estou sentada na cama penteando os cabelos e você ao meu lado, me olhando com esses olhos verdes lindos. Sou apaixonada pelos teus braços, que me envolvem e apertam ao seu corpo, me espremendo e me forçando a querer nunca mais soltá-lo. Sou apaixonada pelo seu abdômen que me deixa meio sem fôlego só de dar uma espiadinha de baixo da camisa. Sou apaixonada pelos teus olhos carinhosos que me analisam a cada segundo de todas as horas, com ternura e amor. Sou tão apaixonada! Sou apaixonada a ponto de ficar te olhando quando dorme, com a expressão serena no rosto. Adoro ficar desenhando a cicatriz que tem em cima do olho direito e as cicatrizes das costas. Adoro encarar a cara de tranquilidade e serenidade que você tem em alguns “momentos”. Meu Deus! Não sei bem como continuar a descrever o que gosto de fazer, apenas fecho os olhos e tenho a visão de nós dois deitados em minha cama rindo e pulando. Você sempre diz que sou insuportavelmente chata. Estou com tantas saudades, meu amor, que não sei bem o que pensar. Vem pra cá logo, vem me abraçar, me chamar de sua e fazer com que todo o mundo desapareça, pois só assim consigo ficar tranquila… Sabendo que você está comigo e ninguém jamais tirará de mim.

Sou TÃO apaixonada!
source

Sou o tipo de pessoa que quando me olham vêem apenas uma patricinha mimadinha que gosta de cor-de-rosa, jamais são capazes de imaginar o que tem dentro da minha cabeça e coração. Surpreendem-se quando abro a boca e começo a falar sobre política, filosofia, maturidade e sentimentos. Chega ser até constrangedor os olhares em cima de mim, sinto-me um alienígena dentro de meu próprio ambiente, mas também agradável. Adoro surpreender as pessoas, na verdade, acho que todos deveriam surpreender. Ser previsível é chato, legal mesmo é quando deixa as pessoas sem palavras, sem comentários. Você deveria tentar pra variar… Surpreenda!

Maria

Ela é assim, um drama, um enigma, um teatro, uma arte.

Isabela Freitas.  
via source
via source
Se for fazer uma lista de amigos, faça a lápis.
via source

Você ama, mas não é como antes. Não tem mais toda aquela confiança de que será eterno, olha para trás e percebe que muitas coisas mudaram em questão de pouquíssimo tempo. Lamenta as perdas, mas na verdade não quer que volte a ser como era. Sente-se mais forte, infalível e impenetrável, mas queria muito que fosse verdade. Está mais esperta, olhos mais claros e distantes. Preparada para qualquer coisa. Grande mentira! Fala que está vacinada, nada te abala e que o problema é dele, mas chora secretamente cada vez que a chateia. Sua bobinha, para de mentir pra si mesma, assim melhorará muito pro seu lado. Quando você sofre e reconhece o sofrimento ele vai embora mais rápido, mas se você ficar escondendo e engando a si mesma… Querida, isso nunca vai passar. Sim, estou falando como amigo que lhe quer o bem, pois cada vez que você chora, sou eu quem sinto a dor inimaginável. Então, garota, erga-se e assuma quem realmente é, assim facilita. Quer amá-lo? Ok! Quer continuar com ele mesmo depois de todas as coisas? Ok! Mas assuma as consequências e pare de fingir que és a mais forte de todas, pois bem sei que não passa de uma menininha frágil que precisa de colo todas as noites e não há ninguém para dar.

Do Coração para uma garotinha.

Maria

A vida é uma grande, uma gigantesca confusão. Mas essa é também a beleza dela.

Se eu ficar
via

Você fala da minha força sem saber quantas vezes segurei a barra só porque você segurava a minha mão.

Ele, a melhor parte de mim.
via source

Engraçado essas pessoas que ficam medindo amor. Amor é amor, caramba. Não tem muito amor ou pouco amor. Amor é apenas amor. Se você diz “eu te amo muito” você na verdade quer dizer “estou muito apaixonado/a por você”. Pode estar querendo expressar seu sentimento, mas está fazendo isso da maneira errada pois amor é apenas amor. Se você ama, apenas ama. Não tem muito, médio ou pouco. Apenas “eu te amo” e fim. Sem quantidade, sem centímetros.

Maria

É isso, simples. Você pensa que vai morrer, mas passa.

Tati Bernardi 
via
via source
via source